Pedaços de Alcongosta

Instantâneos da Terra da Cereja



Uma amostra da noite de sábado da festa de Alcongosta, com Rosinha e a personagem que criou para si em palco. Pelos vistos, resulta. Mistura a brejeirice com cacofonias, trocadilhos, umas piadas e muita interação com o público. A fórmula parece não deixar quem assiste indiferente. E já se sabe, no mundo do espectáculo, falem bem ou mal, desde que falem. Tudo é publicidade. A mulher é uma atêntica Quim Barreiros de saias, que ainda diverte mais as pessoas.

5 comentários:

Caetano disse...

Muito animada é certo, mas com uma pequeníssima faceta de incoerência... Então mas afinal, ela gosta de levar no pacote mas por trás não; está casada mas anda a ver se desencalha e depois tem um namorado que lhe diz para praticar desporto?

Blog do Katano - Serviço Público

Anónimo disse...

é disto que o povo gosta, apanhar no pacote com mais uma dose de pimbalhada para embrutecer... bom proveito

Gardunha disse...

Pertinente observação, Caetano. Tens razão.

Casal do Ranho disse...

Não é que importe, mas eu vi a artista com duas "rosinhas" nos cartazes da mesma mas no dia, ao vivo e a cores, apareceram lá duas "pretinhas".
Bem jeitosas por sinal...

Anónimo disse...

Há gostos para tudo, não é verdade? eu não gostei, nem vi a dita senhora, mas só de a ouvir...

um abraço
Gardunha lover´s

Enviar um comentário