Pedaços de Alcongosta

Instantâneos da Terra da Cereja

08 junho 2018

Horários dos autocarros




Tardou, mas finalmente, na semana da festa, foi conhecido o programa.

(Clicar na imagem para ampliar)


05 junho 2018

Festa da Cereja 2018


Sexta-feira, 8 de Junho

19.00h às 21.30h Espaço Infantil – O Cerejal da Criançada
Animação: Grupo de Bombos de Alcongosta, Grupo de Bombos da Casa do Povo do Souto da Casa, Grupo de Concertinas Estrelas do Jarmelo – Guarda, Khaganiço Orchestra e Sevillage People
22.00h   Concerto “Como as Cerejas” – Projeto de Criação Festa da Cereja 2018

 Sábado, 9 de Junho

11.30h   Chefes de Palmo e Meio com André Soares (Marcação: 961 123 062)
14.30h às 20.30h Espaço Infantil – O Cerejal da Criançada
Animação: Grupo de Bombos da União de Freguesias do Fundão, Grupo de Cavaquinhos do Centro Social da Póvoa do Mileu – Guarda, Grupo de Bombos da Barroca, Grupo de Concertinas da Gardunha, Grupo de Cantares do Agrupamento de Escolas do Fundão, Rancho Folclórico Raia dos Sonhos – Ladoeiro, Grupo de Bombos Zabumbas de Alpedrinha, Os Taboeira, Grupo de Bombos do Rancho Folclórico As Cantarinhas do Telhado, Grupo de Bombos Raia dos Sonhos, Khaganiço Orchestra, Sevillage People, Moustache Brass Band e Tuna da Academia Sénior de Oliveira de Azeméis.
15.00h   Live-Cooking com Leopoldo Garcia Calhau
16.00h   Chefes de Palmo e Meio com os Doces da Susana (Marcação: 961 123 062)
17.00h   Live-Cooking com Leopoldo Garcia Calhau
22.00h   Concerto “VIA”

Domingo, 10 de Junho

8.30h     Passeio Pedestre “Rota da Cereja”
              8 km’s | Dificuldade média | Início: Parque de Estacionamento de Alcongosta (junto ao cemitério) | Inscrição gratuita | Organização: Gardunha Viva e Grupo Cultural e Recreativa de Alcongosta | Informações: geral@gardunhaviva.com
11.30h   Chefes de Palmo e Meio com André Soares (Marcação: 961 123 062)
12.00h   Live-Cooking com Duarte Batista
14.30h às 20.30h Espaço Infantil – O Cerejal da Criançada
Animação: Sociedade Filarmónica Silvarense, Grupo de Bombos dos Três Povos, Grupo de Concertinas da Sequeira – Guarda, Moustache Brass Band e Os Taboeira
15.00h   Chefes de Palmo e Meio com os Doces da Susana (Marcação: 961 123 062)
16.00h   Live-Cooking com Duarte Batista
17.30h   Encerramento
              Rancho Folclórico de Alpedrinha
              Rancho Folclórico Romeiros de Santa Luzia


Vítor Félix, presidente da Junta de Freguesia de Alcongosta, deu entrevista à RCB, onde aborda a Festa da Cereja deste ano, que decorre entre 8 e 10 de Junho.


https://www.mixcloud.com/Falarcomrcb/entrevista-com-o-presidente-da-junta-de-freguesia-de-alcongosta/


E pronto, é este o entendimento de justiça que o Governo tem em relação ao Interior, onde vias construídas com dinheiros comunitários, para ajudar a desenvolver estes territórios, se transformaram nas auto-estradas com as portagens mais caras da Europa. Alguém lhes tire as palas dos olhos, sff, lhes mostre que isto é mais uma forma de agravar as assimetrias regionais, que em muito dificulta a coesão territorial, que só contribui para encravar mais a nossa beira. 
A confirmar-se a notícia - esperemos que seja apenas um infeliz balão de ensaio - é lamentável. O que vale é que o povo é sereno e só se levanta para gritar quando o assunto é bola.



Camiões com desconto até 30% nas portagens das antigas SCUT


O Governo vai avançar mesmo com a redução das portagens nas auto-estradas do Interior e do Algarve, escreve o JN. Os empresários dessas regiões querem alargar a medida aos veículos ligeiros de mercadorias.


Os camiões que circulam nas antigas SCUT do Interior e do Algarve devem passar a pagar até menos 30% nas portagens. De acordo com o JN, que avança a notícia, esta é uma das medidas que estão a ser preparadas pelo Governo no âmbito de um pacote para beneficiar estas regiões, do qual fará parte a já anunciada redução do IRC.

As estradas abrangidas serão a A22, A23, A24, A25 e a A4. No entanto, o mesmo jornal escreve que a proposta não satisfaz por completo as empresas localizadas nestas zonas, por estar circunscrita a camiões. É que, argumentam as associações empresariais, a maioria dos veículos que têm a circular nas estradas são ligeiros de mercadorias.

Em Janeiro, o ministro-adjunto, Pedro Siza Vieira, já tinha admitido que o Governo estava a avaliar uma redução de portagens "no sentido de contribuir para a competitividade da actividade económica no Interior", procurando incentivar o investimento, a criação de emprego e a retenção e atracção de populações.


No ano passado, os pagamentos efectuados pela Infraestruturas de Portugal (IP) relativos às concessões e subconcessões rodoviárias totalizaram 1.177,4 milhões de euros. A maior fatia continua a respeitar às concessões, designadamente às antigas Scut. Os encargos com estas vias ascenderam a 672,8 milhões de euros, sendo que Beira Interior e Beira Litoral e Alta foram as que representaram um maior encargo para a IP.



Acordo à vista com transportadoras

Ainda no âmbito dos transportes, esta segunda-feira, 4 de Junho, haverá um novo encontro entre o Governo e as duas principais associações nacionais de profissionais do sector (ANTRAM e ANTP) para tentar travar os protestos das últimas semanas.

Do pacote negocial fazem parte duas medidas, já avançadas pelo secretário de Estado das Infra-estruturas, Guilherme d'Oliveira Martins. Uma linha de crédito para os transportadores que "permite uma antecipação no pagamento das facturas" e também a subida do limiar do gasóleo profissional dos 30 mil para os 35 mil litros, "uma medida que tem sido reivindicada" pela classe.

Enquanto o governante disse acreditar que "dentro dos constrangimentos orçamentais [conseguirá] chegar a uma solução", em declarações à agência Lusa, o presidente da ANTP, Márcio Lopes, afastou-se da possibilidade de acordo ao classificar a proposta do Executivo socialista como "vaga" e sem "cabimento".

Via Negócios




Os Caminheiros da Gardunha, no âmbito da quarta edição da "Gardunha Sem Lixo", descobriram um altar romano, enquanto decorriam os trabalhos de limpeza. 

"O altar consiste num pequeno bloco granítico muito bem trabalhado, com cerca de 20cm de altura, com uma inscrição gravada numa das suas faces. Trata-se do achado do género encontrado à maior altitude na Serra da Gardunha até à data. A peça encontra-se já à guarda do Museu Arqueológico do Fundão, a cujos técnicos cabe agora a responsabilidade de estudar a peça e determinar o significado do texto da inscrição, aparentemente incompleto, assim como do contexto deste achado. Para já, a análise preliminar conclui que a epígrafe faz referência a uma habitante local, com nome indígena, o que denota uma clara integração da população local na cultura romana.  

Para já, e para além de confirmar a origem romana da via entre Alcongosta e Alpedrinha, esta descoberta é também um contributo importante para a construção do mapa do povoamento do concelho do Fundão há cerca de 2.000 anos, numa altura em que toda a Serra da Gardunha e território envolvente estavam integrados na província romana da Lusitânia", explica David Caetano, presidente dos Caminheiros da Gardunha, numa nota enviada ao Pedaços de Alcongosta. Obrigado pela informação e pelo trabalho que têm desenvolvido. 



O Clube Académico de Alcongosta, que passou a chamar-se GCRD Alcongosta, retoma a sua actividade no próximo domingo, com uma caminhada e outras actividades. 


O humorista António Raminhos passou por Alcongosta, para gravar parte de um episídio do programa 100% Português, transmitido sábados à noite da RTP1.

CLUBE DE ALCONGOSTA "RENASCE DAS CINZAS"


Sem qualquer actividade nos últimos quatro anos, o Clube Académico de Alcongosta(agora por questões legais e fiscais designado de Grupo Cultural, Recreativo e Desportivo de Alcongosta)foi reactivado "renascendo assim das cinzas" com a intenção dos novos órgãos sociais de preservar a identidade da colectividade do concelho do Fundão e dar-lhe uma nova vida.Tendo em vista esse desidrato foi criada nas últimas semanas uma comissão instaladora e eleitoral com o intuito de eleger novos corpos gerentes para i biénio 2018-2020, acto que se realizou no passado fim-de-semana com a eleição de André Reis (candidato único) como presidente da direcção.

Acompanham-no São Henriques, Patrícia Fernandes, Pedro Nunes, Carlos Motaco, Nuno Lopes e Airton Almeida.

Ana Rodrigues vai presidir à Mesa da Assembleia Geral, tendo como colegas no orgão social, Ana Patrício e Bruno Lindeza.

Telma Rolão é a nova presidente do conselho fiscal. Miguel Martins e Fábio Henriques também fazem parte do orgão.

De acordo com André Reis, " o nosso objectivo é mantermos uma identidade que já existia. A filosofia mantém-se, podendo ser renovada com novas sensibilidades. O primeiro passo a dar é voltar a abrir as portas, com a primeira actividade marcada para 20 de maio. Promover a aproximação de quem se afastou, por exemplo, por ter emigrado, e atrair futuros sócios é uma das preocupações também".

O presidente da direcção do GCRD Alcongosta acrescenta em declarações à RCB que " a antiguidade dos sócios do CAA que o pretendam vai ser assegurada, embora tenham de preencher uma nova ficha de inscrição. As actividades vão ser diversificadas e para todas as faixas etárias, dentro de uma lógica de contenção financeira e daquilo que é exequível em termos financeiros para uma associação que está a dar os primeiros passos. O clube deixou de existir, mas os valores foram transportados para esta nova associação. É uma nova vida, sem nunca esquecer um passado rico onde fomos beber muito daquilo que queremos ser para o futuro." Conclui André Reis.

Quanto à presidente da mesa da  assembleia geral refere que " é com satisfação que olho para este renascer de um clube que é de todos e se pretende que seja de todos. A satisfação de quem viu este clube ter sido ao longo de 40 anos um dínamo desportivo, recreativo, cultural e social na freguesia e uma instituição incontornável em Alcongosta, que deixou um vazio quando não esteve em actividade. Estou muito agradada com esta nova etapa do clube e agradeço o empenho de muitos, que tornaram a agremiação um local de muitas memórias", disse Ana Rodrigues.

O Grupo Cultural, Recreativo e Desportivo de Alcongosta (ex-Clube Académico de Alcongosta) comemora dia 27 de julho 40 anos com um evento na qual os novos dirigentes irão reconhecer pessoas que contribuíram para a fundação e crescimento da colectividade.




Apenas uma lista se apresentou a sufrágio na Assembleia Geral Eleitoral do Clube, liderada pelo André Reis. Estão assim criadas as condições para que o Clube volte a ganhar vida. 



Depois de ter sido adiada a Travessia da Gardunha tem nova data agendada, para o próximo domingo.








"A capela de Santa Bárbara, em Alcongosta, acolhe até ao próximo dia 7 de Abril de 2018 a exposição “Alfaias da Paixão”.
Inserida na “Quadragésima – Ciclo de Tradições e Semana Santa do Concelho do Fundão, a mostra contempla vários objectos litúrgicos e de culto da paróquia de Alcongosta ligados ao tempo da Quaresma.
A exposição promovida pela junta de junta de freguesia, proporciona o encontro com peças do século XVII ao século XX, que sobreviveram até aos dias de hoje e que eram utlizadas nas procissões da Semana Santa naquela aldeia do concelho do Fundão.
A cruz que abre o cortejo esteve oculta até às obras de restauro da Igreja “é uma cruz do século XVII”, assegura João Nuno Rodrigues.

O curador da mostra destaca ainda duas peças da exposição “Um Palio de veludo bordado a fio de ouro e um paramento simples (vermelho) que passa despercebido no meio de outros, mas é a única referência que temos em Alcongosta das invasões francesas. É um documento vivo de que as invasões francesas passaram por aqui”, sublinha.  
Para João Nuno Rodrigues, são peças que estiveram intimamente ligadas com a paróquia e com as actividades da freguesia “e que nos remetiam para as festas importantes que se realizavam à volta da população”.

Na inauguração da mostra, entre outros, estiveram presentes a vereadora com o pelouro da cultura da CMF e o presidente da junta de freguesia".  



É inaugurada amanhã, na Capela de Santa Bárbara, a exposição "Alfaias da Paixão", no âmbito do ciclo temático Quadragésima. 

"Esta exposição contempla as alfaias e objectos litúrgicos e de culto da paróquia de Alcongosta ligados ao tempo Quaresmal, composta por peças que, embora algumas de “cariz popular”, não perderam a sua beleza e significado.
 
É um encontro, sobretudo, entre a paramentaria imaginária e pequenos objetos do Século XVII ao Século XX, que sobreviveu até aos dias de hoje e que no passado integravam as manifestações de fé da Comunidade.
 
“Alfaias da Paixão” tem curadoria de João Nuno Rodrigues e estará exposta até dia 7 de abril. A exposição pode ser visitada todos os dias sob marcação, através do contacto telefónico 965 272 351, e nos sábados, domingos e no feriado de Sexta-Feira Santa, entre as 14.30h e as 17.00h".


À RCB o presidente da Câmara do Fundão, Paulo Fernandes, diz que as obras de adaptação do edifício da Escola Primária de Alcongosta já terminaram e informa que falta agora concluir a fase de instalação de conteúdos, que prevê ficar concluída até Junho. O projecto arrasta-se há anos. Vamos ver se é desta. 


Segundo a página da Câmara do Fundão, o empreendimento Natura Glamping vai ser objecto de melhorias, com a construção de uma domo suite, uma esplanada, bar e piscina.

E por falar em piscina e bar, é caso para perguntar quando é que a zona envolvente à Casa do Guarda vai ser requalificada pelo município. Quando é que nós, alcongostenses, visitantes, amantes da Gardunha, que sempre ali passámos bons momentos, vamos poder voltar a ter a nossa esplanada de volta? Quando é que podemos voltar a ter condições para ir ali beber uma cerveja à sombra dos castanheiros? Quando é que podemos voltar a ir beber a água fresca à fonte do tanque? Quando é que podemos voltar a desfrutar deste espaço?

"A Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, deslocou-se, no dia 4 de janeiro, ao Eco Glamping Gardunha, na Serra da Gardunha, no Fundão, para a assinatura do contrato de concessão de incentivos, no âmbito do Programa Valorizar (Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior), entre o Eco Glamping Gardunha Lda e o Turismo de Portugal. O projeto consiste na expansão e modernização de uma oferta de alojamento turístico na modalidade de glamping, que consiste na construção de domo suite, esplanada e snack-bar, piscina, melhorias na decoração e remodelação de equipamentos existentes, instalação de sistema de segurança e melhoria do website". CMF


24 dezembro 2017

Madeiro 2017


Foto de João Rolão


Num ano em que a Serra da Gardunha e Alcongosta foram devastadas pelas chamas, a junta de freguesia fez este original e apropriado presépio, utilizando os troncos de árvores queimadas. 


Passados dois anos do falecimento do Ti Zé da Encarnação, nos últimos anos o grande embaixador do esparto, a par da cestaria uma das imagens vincadas de Alcongosta e até há algumas décadas sustento de muitas famílias, aqui ficam algumas peças da sua lavra.

07 novembro 2017

Soror Filippa de São Thiago



Presidente: António Veríssimo Dias

Presidente: José Correia Henriques

Presidente: José Correia Henriques

Presidente: Carlos Alberto Correia Rolão

Presidente: Carlos Alberto Correia Rolão

Presidente: Carlos Alberto Correia Rolão

Presidente: Carlos Alberto Correia Rolão

2001:
Presidente: Carlos Alberto Correia Rolão

2005:
Presidente: Luís Manuel dos Santos Martins

2009:
Presidente: Luís Manuel dos Santos Martins



Presidente: António Miguel Ferreira Batista


Presidente: Vítor José Batista Félix




A população já teve a possibilidade de escolher os seus representantes locais por 12 vezes. Desde Dezembro de 1976, altura em que se realizaram as primeiras Eleições Autárquicas, Alcongosta teve seis presidentes de junta. Um deles durante cinco mandatos (!).

Durante esse período, entre 1985 e 2005, o PS chegou a obter votações na ordem dos impressionantes 81%. Uma maioria tão expressiva e desequilibrada que fez com que durante três mandatos a correlação de forças na Assembleia de Freguesia fosse de 6 para 1.

O primeiro executivo eleito da Junta de Freguesia de Alcongosta foi liderado por António Dias, eleito pelo CDS, vencendo por uma curta margem de 22 votos a lista socialista, numa altura em que a nossa terra tinha quase o dobro da população actual. Em 2005 a diferença seria novamente 22 votos.

Por falar em curta margem, por duas vezes o executivo em Alcongosta foi eleito por apenas três votos de diferença. Aconteceu em 1979, quando a Aliança Democrática (AD), de centro-direita, composta pelo PSD-CDS e PPM ganhou à Aliança Povo Unido (APU), coligação de centro-esquerda, formada pela Frente Socialista Popular, Partido Comunista, Movimento Democrático Unitário- Comissão Democrática Eleitoral (MDP/CDE) e Os Verdes (PEV). Em 2013 voltaria a suceder, ficando o PSD com quatro eleitos e o PS com três. 








O Natura Glamping, situado na Casa do Guarda de Alcongosta, promove, no dia 28 de Outubro, uma iniciativa aberta ao público em geral, que mistura yoga, poesia e astronomia, com entrada gratuita. 
O evento inclui um jantar, às 20h, com preço sob consulta. 




Está aí à porta mais uma edição da caminhada Rota dos Castanheiros, que se realiza em Alcongosta num cenário pautado pelas cores do Outono, um percurso muito afectado pelo grande incêndio da Gardunha, mas que certamente terá muitos motivos de interesse.

É já a 12 de Novembro e, como é habitual, a seguir ao almoço há magusto e convívio na Praça.


PROGRAMA:
8:30 – Concentração na junta de freguesia de Alcongosta e pequeno-almoço.
9:00 – Início da Actividade.
13:00 – Almoço (Junta de Freguesia de Alcongosta).
14:30 – Início do Magusto Tradicional aberto aos participantes da actividade e à população de Alcongosta.
18:00 – Encerramento da Actividade.

* Percurso com extensão aproximada de 12 Km's e grau de dificuldade médio/baixo.

RECOMENDAÇÕES:
- Calçado cómodo e já habituado ao pé, preferencialmente botas de marcha.
- Peúgas macias, sem costuras.
- Roupa adequada ao estado do tempo.
- Máquina fotográfica para mais tarde recordar… e uma mochila cheia de boa disposição!

INSCRIÇÕES E METODO DE PAGAMENTO:
Sócios - 7Castanheiros.
Não sócio - 9Castanheiros.
(Inclui almoço e seguro )
- Menores de 12 anos isentos.
(Inclui almoço e seguro)
- Inscrições devem ser efectuadas até ao prazo limite, 10 de Novembro de 2017.
- Para pagamentos por transferência bancária:
NIB: 004540204016861085787
(Agradecemos o envio do respectivo comprovativo)

CUIDADOS ESPECIAIS E NORMAS DE CONDUTA:
- Cuidado com o gado. Embora manso não gosta da aproximação de estranhos às suas crias;
- Evitar barulhos e atitudes que perturbem a paz do local;
- Observar a fauna à distância preferencialmente com binóculos;
- Não danificar a flora;
- Não abandonar lixo, somos ecológicos! levando assim o lixo até um local onde haja serviço de recolha;
- Não fazer lume;
- Não colher amostras de plantas ou rochas;

GARDUNHA VIVA -
Associação de Montanhismo do Fundão
Apartado 171
6230-909 Fundão
Tel/Fax: 275 772 082
Telem: 961 720 904 | 961 720 905 | 967 994 352
e-mail: geral@gardunhaviva.com

ONDE ENTREGAR SEMENTES?
Quem quiser colaborar no esforço de reflorestação da Serra da Gardunha pode recolher sementes (bolotas de carvalho, azinheira, sobreira ou outras sementes) e entregá-las na nossa sede na quarta-feira entre as 18h30 e as 20h00. Outra possibilidade passar por fazer a entrega directamente no viveiro a funcionar no antigo Seminário do Fundão (contactar 925 909 016).

Para além de várias iniciativas com recolha de sementes, temos também prevista a realização de workshops de tratamento e sementeira para que todos possam aprender a cultivar as suas próprias árvores para as plantar mais tarde na Gardunha. 



O Octógono recebe esta sexta-feira, 20, a banda Chk Chk Chk (quem conseguir pronunciar este nome, faça o favor), que sobe ao palco à meia-noite. 
Nesta digressão a banda vai aproveitar para dar a conhecer o seu sétimo álbum, "Shake The Shudder", aditado em Maio. 
A entrada custa 15 euros. 


Votação para a Assembleia de Freguesia de Alcongosta:

O PS venceu as eleições para a Junta de Freguesia de Alcongosta, com mais 13 votos do que o movimento independente Alcongosta Precisa de Todos, apoiado pelo PSD. 
Da votação destaca-se a elevada participação, com 79% dos eleitores a exercerem o seu direito. 
A lamentar há a redução de 39 inscritos na freguesia em relação há quatro anos.



Quadro comparativo da votação para a Assembleia de Freguesia de Alcongosta em 2017 e 2013:



Votação para a Câmara Municipal do Fundão:

Votação para a Assembleia Municipal do Fundão:





24 setembro 2017

Casamento do Mendes "Rico"




Imagens, com pelo menos 80 anos, do casamento de Lucinda Baltazar e de José Mendes. A criança a acompanhar é Maria Teresa Amaro. (Fotos partilhadas por António Neves Dias).





CDU, PS, PSD e CDS.


O Bloco de Esquerda concorre exclusivamente à Assembleia Municipal: