Pedaços de Alcongosta

Instantâneos da Terra da Cereja

Está escolhido o candidato do PS à Câmara Municipal do Fundão: José Domingues. Quem? Perguntará o cidadão comum. Pois é um senhor com 50 anos, residente na Soalheira e professor de Filosofia na Universidade da Beira Interior que pelos vistos já foi o candidato socialista à Junta de Freguesia da sua terra.

Sem fazer grandes considerações, parece-me que o candidato socialista tem pela frente uma tarefa hercúlea. Vai defrontar um candidato (agora formalmente) laranja que, embora há muito no executivo, é um presidente presente, conhecedor dos dossiers e do concelho, capaz de criar uma empatia mais genuína que o antecessor. Paulo Fernandes está, por outro lado, indissociavelmente ligado à acumulação de uma dívida sem precedentes no município, mas será isso suficiente para o fragilizar a ponto de perder umas eleições que parecem ganhas à partida? A ver vamos, tal como quem será a equipa que acompanhará cada um dos cabeças-de-lista.

Há opiniões sobre José Domingues? Quem conhece o seu potencial ou episódios de participação cívica? É uma boa escolha? Que mais-valia poderá representar para o concelho?


10 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Até pode ser boa pessoa, mas não tem fibra para ser presidente de câmara, em vez de orientar ia ser orientado sabe-se lá por quem.

Anónimo disse...

criticar e facil assim como eu faço, nao conheço a pessoa mas todos os que por la passaram foi so para eles e os amigos se verens ben votastens para os senhores e hoge apartais o çinto e eles nem sabem o que e crise

Anónimo disse...

Removeram o meu comentário só demonstra que é PSD o criador do Blog...ou tacho do Paulo Fernandes. o outro nao removeram. O Paulo devia perder

Anónimo disse...

ora aí está a prova dada do que é o Partido SOcialista, todos falam e nom fim não dizem nada, nem ideias nem contributos, zero zero zero, a prova da inoperância e do que nos iultimos tempos nos se têm revelado, enfim. os velhinhos da velha guarda, cambada de derrotados foi o melhor que conseguiram

Gardunha disse...

Caro anónimo de 6 de março: Tivesse sido mais comedido, não no comentário político, não na análise do trabalho feito, não na opinião sobre a acção pública, mas nas considerações potencialmente ofensivas sobre a vida privada do senhor presidente da câmara, num aspecto que em nada diz respeito aos munícipes (e não sei se o que disse é ou não verdade), e o comentário não teria sido removido.

Sucedeu a esse que passou, tal como a quase duas centenas retidos na caixa de comentários, por utilizarem linguagem menos própria. Caso queira reenviar o seu comentário, tendo isso em consideração, a sua opinião será tão válida e considerada como qualquer outra.

Anónimo disse...

Concelho onde a água é a mais cara do país,onde o desemprego é superior a 17%,uma ZI deserta,(não há responsáveis pela falência do MACB?),onde o IMI é maior do país(uma casita de aldeia paga mais que um casarão na capital),com 5 empresas municipais FALIDAS destinadas a agencia de empregos para predestinados,mais de 50 assessores,adjuntos,secretárias e outros especialista que vivem à grande com os nossos impostos,onde outros se acumulam sem qualquer aptidão ou necessidade nos Paços do concelho para pagar favores eleitorais,vereadores totalmente incompetentes (drs tipo relvas),o 5º país mais endividado do país(120 milhões?),com uma agência de viagens para alguns e festarolas para todos os outros ,para não falar da traição feita às freguesias.Miséria meus senhores! Miséria é o que têm feito freches e companhia que usaram e abusaram do bom povo.isto é ou não verdade?RUA.---zé do fundão

Anónimo disse...

o compadre então não publicaste o meu comentário porquê?! não andes medroso.

Anónimo disse...

qual a razão e o porquê de não publicarem o meu cometário?!
será que nao Gostaste?

Anónimo disse...

nunca imaginei que o jornal do fundão fosse capaz de prestar tal serviço.
e como se tal não bastasse, tem lá os primos todos!!!!

Enviar um comentário