Pedaços de Alcongosta

Instantâneos da Terra da Cereja



Numa altura em se deixou de ensinar a ler a escrever na Escola de Alcongosta, ficam as lembranças de outros tempos, de diferentes gerações que durante cerca de cinco décadas deram vida ao edifício agora de portas fechadas.

5 comentários:

Anónimo disse...

é pena acabar com a escola numa aldeia tão grande

Anónimo disse...

Quem conhece os rapazes na foto junto à cantina ?

Anónimo disse...

alguem sabe o ano e algum nome das raparigas

Anónimo disse...

N
nao tenho a certeza,mas acho que a foto,dos rapazes com o professor,sera de 1969.1970

Anónimo disse...

O primeiro a contar da esquerda penso que seja o Luís Fevra e o segundo é o José Luis irmão do Luís Paulos

Enviar um comentário